Conheça nossos focas!!
O palmeirense Enrico Bertagnoli Costa, sonhou desde pequeno em ser jogador de futebol e disputar a Copa de 2014 no Brasil. Mas o sonho passou batido. Hoje aos 19 anos, se diz realizado cursando o primeiro semestre de Jornalismo no Mackenzie. “Quero trabalhar no jornalismo esportivo, quando pequeno eu brincava de narrar os jogos de futebol no videogame”, comenta ele.

Depois de ter feito cursinho, o paulistano foi ao encontro do Jornalismo na tentativa de praticar outra grande paixão: falar.  “Meus amigos sempre diziam: eu te imagino jornalista! E eu comecei a pensar, e de repente abracei a ideia.” Enrico se diz muito indeciso e apaixonado por música, toca guitarra, violão, baixo, arrisca um pouco de piano e chegou a ter aulas de canto. “Sou muito grato às influencias musicais que recebi dos meus pais, embora seja tachado pelos meus amigos de gostar de ‘música de velho’”, diz Enrico. Seus estilos favoritos são mais clássicos, como Blues, Rock e Jazz.  Suas maiores influências são os Beatles, Eric Clapton, BB King e o mais recente John Mayer.

Enrico ainda sonha em lançar um disco com músicas autorais e um livro, mas ainda não sabe sobre o que escrever. Na literatura admira a escrita espontânea de Charles Bukowski e Machado de Assis.

No âmbito profissional, se diz pronto para o “que der e vier”. Quer conhecer o mundo, aperfeiçoar o inglês, aprender novas línguas e trabalhar com cultura, especialmente com música, e com o esporte, especialmente no futebol.

“Acredito que a premissa do Jornalismo deve ser a verdade, independentemente de qual seja ela”, diz. “A notícia não é um produto, é um serviço prestado, mas que antes de tudo é um direito de todos.”

Advertisements